Artur Marques

Nasceu em 30 de Agosto de 1946, em Terras de Bouro. Em 1968, licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Coimbra. O seu brilhantismo e carisma inacto para a advogacia, fez com que enquanto estudante escreve-se manuais, designados, à data como "sebentas", de direito das sucessões e de direto processual executivo usados como base de estudo até à década de 1990. Foi advogado de diversos sindicatos, até 1980, entre os quais o Sindicato dos Metalúrgicos de Braga, um dos fundadores da Intersindical, tendo tido participação activa no ressurgimento do movimento sindical e de algumas lutas laborais, antes do 25 de Abril, entre elas a greve da Grundig em 1971. Durante ao seu percurso na advogacia participou em inúmeros processos com forte retumbância mediática. Apesar da notoriedade de que usufrui, sempre resistiu a deslocar o seu escritório para fora de Braga, cidade que considera parte indissociável da sua identidade pessoal, profissional e cívica e a integrar-se na advocacia dos grandes escritórios. Artur Marques define-se como advogado de província, artesão e generalista, dedicando-se às mais diversas áreas do direito.

Atividade:Advogado

  • Artur Marques

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



Convidados - Galardões XIX Edição - Edição XIX, 2016