Notícias

XIV GALARDÕES "A NOSSA TERRA"

Mérito bracarense distinguido

A gala de entrega dos Galardões "A Nossa Terra" encheu o grande auditório do Parque de Exposições de Braga, anteontem à noite. Foram distinguidas 22 personalidades e instituições do concelho.

>Marlene Cerqueira (texto)
>Rosa Santos (fotos)
O auditório do Parque de Exposições de Braga encheu na cerimónia que distingue o mérito de personalidades e instituições bracarenses. Na 14.ª edição, a gala dos galardões "A Nossa Terra" , dinamizados pela Direnor, proporcionou ao público um sarau cultural fantástico.
Apresentada por Manuel Lago e Márcia Silva, a gala começou com a surpreendente actuação do coro Infanto Juvenil de Esporões. Constituído por cerca de setenta crianças e adolescentes este coro bracarense interpretou três temas que lhe valeram um imenso aplauso do público.
A fadista Isilda Miranda, os bailarinos do Bracaradance, o imitador Pedro Soares, o ginasta acrobata Pedro Soares e o ilusionista Karter Mendes Completaram as actuações culturais, com a particularidade de que todos eles actuaram pela primeira vez na gala de entrega dos galardões...
E tal como as prestações no sarau cultural, nas nomeações para os Galardões também não há Repetições. Ou seja, quem ganhar um galardão numa categoria diferente "Isto prova que ao fim de 14 anos ainda há muito mérito para premiar nas pessoas e instituições do concelho de Braga", referiu o director da Direnor, José Ferreira.
Entre os galardoados, o discurso mais emocionado foi o do médico Matos Cruz, que teve uma intervenção que poderá entender-se como ´grito de revolta´: "Só espero que este galardão queira dizer aquilo pelo que eu lutei no campo da medicina hipocrática", referiu afirmando que foi "forçado a largar a carreira hospitalar mais precocemente por causa de uma gestão hospitalar que não tem nada de hipocrático". Aos jovens médicos deixou um conselho: "a medicina não é a gestão/produção que nos querem impor" .
Destaque ainda para a Associação Cultural e Festiva "Os Sinos da Sé". Na hora de receber o galardão, todos os elementos se dirigiram ao palco e interpretaram alguns temas tradicionais à capela, surpreendendo público.
João Sousa, presidente da Direcção do Centro Cultural de Santo Adrião também se mostrou emocionado e grato por Braga "reconhecer o sonho concretizado".
Na área do Altruísmo, foi distinguida Goreti Machado, que dedicou o galardão e agradeceu aos que a ajudam "para que possa ajudar os outros".

Os galardoados foram:
Personalidade: Domingos Paciência;
Entidade: Centro Cultural e Social de Santo Adrião;
Carreira: Américo Ferreira Alves;
Saudade: Domingos Silva Teixeira;
Altruísmo: Goreti Machado;
Artes Tradicionais e Populares: Francisco Neto;
Artes e Cultura: Miguel Melo Bandeira;
Associação Cultural e Recreativa: Associação ?Os Sinos da Sé?;
Associação Desportiva: Clube de Caçadores de Braga
Ciências e Educação: Matos Cruz;
Associativismo: Alberto Botelho;
Desporto: Paulo Faria;
Empresa Sector Comércio e Serviços: Sapataria Fernando;
Empresa Sector Industrial: Lacatoni;
Empresa Sector Restauração/Pastelaria/Hotelaria: Hotel Turismo;
Entidade Área Ensino: Escola secundária Sá de Miranda;
Evento: Presépio ao Vivo de Priscos;
Música: Paulo Peixoto;
Junta de Freguesia: Celeirós
Instituição de Solidariedade Social: Associação Humanitária Habitat;
Juventude: Pedro Sousa;
Organismo Serviço Público: Polícia de Segurança Pública.

Ver mais notícias

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



- Dança Clássica do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian - Edição XIII, 2010