Lídia Borges

Lídia Borges é pseudónimo literário de Olívia Maria Barbosa Guimarães Marques, natural de Braga. Professora do Ensino Básico, sempre teve a Literatura como um suporte imprescindível à compreensão do Mundo e do Homem. Possui obra publicada nos géneros de Conto e Poesia. No âmbito da literatura para os mais novos, O Homem Que Roubava Sonhos é premiado no Concurso Nacional de Conto Matilde Rosa Araújo (2007). Publica em 2014 O Mistério dos Sonhos Roubados. Coisas Boas de Contar (2017) e no ano seguinte Aqui há Gato, história com rimas, que marca presença na Feira do Livro Infantil de Bolonha e posteriormente é incluída no Plano Nacional de Leitura. O Colar de Estrelas, editado em 2019, recupera uma figura mitologia do imaginário coletivo popular. Conta com vários títulos publicados para o público em geral, alguns dos quais distinguidos em Prémios Literários, como é o caso de Sementes Daqui Obra, que recebeu o Prémio Maria Ondina Braga (Poesia 2013). Poemas - Menção Honrosa no Prémio Literário Irene Lisboa, (2019). Em 2020, Garças, livro finalista do Concurso Literário de Poesia Glória de Sant?Ana recebe também uma Menção Honrosa. Tem participado regularmente em apresentações de livros, tertúlias e debates. Coopera com escolas e bibliotecas, falando de livros, da importância e do prazer da leitura, desenvolvendo atividades de escrita criativa para crianças e integrando júris de concursos literários.

Atividade:Escritora, vencedora Concurso Literário Maria Ondina Braga

  • Lídia Borges

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



- Academia de Dança Alunos de Apolo Braga - Edição IX, 2006