Gatuna

Numa tentativa de alargar e modificar a longa tradição de tunas masculinas, surgiu a ideia de formar uma Tuna Feminina. Assim, por entre jantaradas cantantes e um grande desejo de cantar, nasceu a Gatuna, e já lá vão 25 anos. Com um nome muito curioso e com uma maneira muito própria de ser tuna, aliada à originalidade da sua música, a Gatuna tem vindo a conquistar um lugar sólido no panorama musical universitário. As suas atuações são sempre mescladas com uma sobriedade típica aliada à tradicional irreverência minhota. A propósito dos 25 anos, este marco tão importante, terá a si associados uma série de eventos, de forma de celebrar este quarto de século de Gatuna. Como parte das celebrações foi lançado o primeiro videoclip da tuna, ao som do original ?Braguesa?, e serão também realizados, em breve, uma digressão, um espetáculo de 25 anos e uma exposição fotográfica. A Gatuna tem, ainda, o prazer de apresentar todos os anos, o TROVAS, um festival de Tunas Femininas de reconhecida qualidade a nível nacional, que este ano decorrerá no dia 20 de outubro no Theatro Circo. E como cultivam a arte de bem receber, organizam um momento único para todos os caloiros que ingressam na academia minhota, o Jantar do Caloiro, onde não falta alegria, convívio e muitas surpresas.

Atividade:Tuna Feminina Universitária do Minho

Website:https://pt-pt.facebook.com/Gatuna.UM

  • Gatuna

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



- Cáritas Diocesana (Galardão Entidade) e António Machado - Edição XI, 2008