Jorge Amado

Nasceu em 1957, em Guimarães, foi para Moçambique aos 7 anos de idade com a família. Percorreu Moçambique e Angola, esteve na Rodésia e África do Sul, devido à profissão do pai. Regressou a Portugal em 1975 com 18 anos de idade. Optou por estudar à noite e trabalhar durante o dia. O primeiro trabalho que conseguiu foi como vendedor da Enciclopédia Luso-Brasileira. Ganhou em vários meses consecutivos o prémio de melhor vendedor, porta a porta. Trabalhou na Segurança Social e como estudante trabalhador, licenciou-se em História e Ciências Sociais pela Universidade do Minho. Posteriormente, especializou-se em Administração Escolar e Educação Especial. Professor, sempre muito dedicado, foi Diretor do Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches durante 15 anos, até 2019, ano em que enfrentou a batalha de saúde que viria a resultar no seu falecimento a 8 de janeiro de 2022. Homem de grande visão humanista e progressista do mundo, viu na pedagogia inclusiva a sua arma e na escola pública a sua principal arena. Batalhou por melhores condições para toda a comunidade escolar Francisco Sanches, nomeadamente no processo de requalificação daquela escola. Foi também com ele que ficou espelhado o sentido de projeto cultural que o Agrupamento de escolas Dr. Francisco Sanches assumiu durante a sua gestão: integrar o património cultural dos povos, valorizar as perspetivas de crescimento cultural dos alunos imigrados, aumentar as oportunidades de ligação e coesão social através de projetos solidários ou artísticos, criar oportunidades para todos os alunos, não deixar ninguém para trás. No âmbito dessas atividades foi nomeado juiz social tendo sido convocado pelo tribunal para ser ouvido em diversos litígios. ?Na vida política da cidade, participou ativamente no Concelho Municipal da Educação, como eleito durante vários mandatos na Assembleia de Freguesia de S. Victor, pela CDU e acompanhou de muito perto a política local no concelho. De uma honestidade e lealdade notáveis, participou até não lhe ser mais possível na última campanha eleitoral autárquica, depois de ter sido, em 2017, o número dois na lista da CDU à Câmara Municipal de Braga, tendo mesmo participado em duas reuniões de câmara enquanto vereador em substituição.? * Foi agraciado com a medalha de mérito municipal em 2020. Lidou estoicamente com a adversidade, sempre mais preocupado com os que o rodeavam do que consigo próprio. Encarou a sua última batalha com a coragem, a generosidade, a boa disposição e o otimismo que o caracterizaram em todos os momentos da sua vida. O seu legado na Francisco Sanches, na Escola Pública, no seu partido e no concelho de Braga será sempre motivo de orgulho e regozijo para os que tiveram a honra de o conhecer e perdurará através do seu exemplo. * In voto de pesar proposto em reunião da Assembleia Municipal de Braga, a 25 de fevereiro de 2022, aprovado por unanimidade com o cumprimento de um minuto de silêncio.

Atividade:professor

Website:professor

  • Jorge Amado

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



- Ballet do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian - Edição II, 1998