Bernardo Reis

Concluiu a licenciatura em Geologia pela U. Coimbra (1958), com especializações em Geofísica (Cambridge) e Gestão de Empresas (Durban, A.S.). Foi um dos primeiros hidrogeólogos (Ministério das Obras Públicas, 1958-60) e eurogeólogos em Portugal, tendo depois ingressado em 1960 na Companhia de Diamantes de Angola (Diamang), especializando-se na pesquisa e prospeção de diamantes, onde desempenhou diversas funções, tendo atingido o cargo de Diretor Geral e Administrador. A partir de 1977, como consultor nas áreas da pesquisa e da gestão mineira, trabalhou em diversos continentes. Tem vários artigos técnicos e científicos publicados e um longo percurso associativo: Presidente da Associação Portuguesa de Geólogos, Presidente do Conselho Fiscal da Cooperativa Agrícola de Barcelos, Associação de Deficientes Visuais, Projecto Homem, Conselho Geral da Domus Fraternitas. Integrou a Comissão de Avaliação Externa da Fundação das Universidades Portuguesas e fez parte do Conselho para a Sustentabilidade do Hospital Distrital de Braga. Atualmente integra os Conselhos Cultural, Económico e Social, e Estratégico para a Regeneração Patrimonial e Urbana do Município de Braga e a Comissão da Semana Santa. Foi vogal da Direção Nacional da União das Misericórdias Portuguesas entre 2010 e 2015. Organizou congressos nacionais e internacionais em várias cidades e coordenou a publicação de revistas e livros ligados à história e património das Misericórdias. É Provedor da Misericórdia de Braga desde 2003. Medalha de Benemérito da UMP e Medalha de Ouro Mérito da cidade de Braga. Em 2020 foi-lhe atribuído o prémio Carreira na II Gala do Turismo Visit Braga.

Atividade:Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Braga

  • Bernardo Reis

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



Pedro Seromenho (Galardão Artes e Cultura) - Galardões XX Edição - Edição XX, 2017