Escola Secundária D. Maria II

Quando, em Junho de 1964, foi inaugurado em Braga o Liceu Feminino, foi escolhida como sua patrona a rainha D. Maria II, de cognome a educadora. Em 1964, com a publicação do Decreto-Lei nº 45636, de 31 de Março, é criado, em Braga, o ?Liceu Nacional D. Maria II?, com a indicação de ser um ?liceu feminino?. A distinção entre rapazes e raparigas manteve-se até 1973, ano em que, por força da reforma de Veiga Simão, se abriu o então liceu ao género masculino. Em 1974, fruto da Revolução de 25 de Abril, é alterada a sua designação para Escola Secundária D. Maria II, designação que mantém ainda hoje. A história da D. Maria II está ligada à história dos últimos cinquenta anos do sistema educativo português, com três etapas: a primeira, marcada pelo Estado Novo, onde a referência era o ?Liceu?; a segunda, acompanhando toda a evolução da transformação democrática iniciada em Abril de 1974, abrindo-se a novos públicos e a novas ofertas; a terceira, que coincide com a entrada em funcionamento das novas instalações, em consequência da profunda requalificação levada a cabo pela Parque Escolar. A melhoria da qualidade da educação e ensino é a grande prioridade, através da criação de um ambiente adequado à realização de aprendizagens significativas. A oferta formativa abrange o ensino diurno e o ensino noturno. A maioria dos alunos está inscrita em cursos cientifico-humanísticos. O ensino profissional secundário tem vindo a crescer em número de turmas e alunos. O 3º ciclo do ensino básico completa o leque da oferta.

Atividade:Ensino

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



Filho de Joaquim Cunha Guimarães (Galardão Saudade) - Galardões XX Edição - Edição XX, 2017