Maria Otília dos Santos

Maria Otília Froes Lobato de Azevedo de Andrade dos Santos, nasceu em Braga, a 23 de Abril de 1923. Ingressou na Escola Comercial de Braga, onde frequentou o curso comercial, tendo concluído em 1939. Desde cedo, iniciou funções em regime de voluntariado em várias instituições. Em 1952, ingressou na Conferência de S. Vicente de Paulo - Feminina, para ocupar o cargo de tesoureira, cargo que mantém até à actualidade. Em 1954, iniciou funções de tesoureira na ?Obra de Proteção à Rapariga?, tendo sido nomeada para o cargo, pela Exma Dra. Teresa das Neves Afonso Esquível, Presidente da Junta Diocesana de Braga. Em 2011, deixa as funções de tesoureira, passando a assumir a função de conselheira da direcção. Pelos serviços prestados a esta Instituição, recebeu em 2004, a placa de Mérito Diocesano, atribuída pela primeira vez, pela Diocese de Braga, na pessoa do do Sr D. Jorge Ortiga, Arcebispo Primaz. Na década de sessenta com a constituição do Núcleo Feminino da Cruz Vermelha Portuguesa, passou a integrar a equipa de apoio à campanha da Guerra Colonial. Foi-lhe atribuída pela Direção Nacional da Cruz Vermelha Portuguesa, a medalha de mérito ?Inter Arma Caritas?, pelos serviços prestados.

Atividade:Lar Senhora Bom Conselho

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



Câmara Municipal de Braga (Galardão Entidade) e Maria de Lurdes Rufino (Mosteiro S. Martinho de Tibães) - Galardões XIX Edição - Edição XIX, 2016