Manuel Rocha Armada

É Professor Catedrático de Finanças, na Escola de Economia e Gestão (EEG) da UMinho, onde foi Vice-presidente e Presidente. Leciona, desde 1980, variadíssimos cursos, em todos os níveis universitários, não só na UMinho, mas também em muitas outras universidades portuguesas, bem como a nível Internacional. Foi co-fundador (1999) e primeiro Presidente da PFN- Rede Portuguesa de Finanças (2000). Proferiu palestras e/ou seminários, a convite de várias Universidades e Instituições Financeiras, em Portugal e no Mundo. Foi Fundador da ?UMinho Exec? (?Executive Business Education?). Tem sido membro da Comissão Executiva e/ou Científica, de várias Conferências Internacionais (e, ocasionalmente, Nacionais) de Finanças; Colaborou com vários periódicos e é ainda membro do Conselho Editorial de várias revistas internacionais. Obteve o ?Best Paper Award? (com coautores) em cinco Conferências Internacionais de Finanças. Além disso, foi laureado do IIF (Indian Institute of Finance), com o IIF Research Professor Award 2021, por um Comité Internacional, de 61 países. Foi/é membro de várias associações com destaque para Academia Mexicana de Ciências Administrativas, como um dos poucos membros Internacionais com direito a voto. Foi orador convidado internacional, em inúmeras conferências, nomeadamente na maior e mais importante conferência internacional em Gestão, na América do Sul: ANPAD 2018 ? Brasil. Ocupou cargos de visitante na The Wharton School (EUA), London Business School (LBS-UK), Manchester Business School (MBS-UK). Na atualidade é Professor Visitante Convidado em inúmeras universidades nomeadamente em Espanha, Itália, Tunísia, Brasil, Angola, entre outros. Bem como desenvolve diversas atividades no âmbito de projetos de investigação.

Atividade:Prof. catedrático da UM, ex-diretor da Esc. de Economia e Gestão

  • Manuel Rocha Armada

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



Noites Brancas da Senhora-a-Branca (Galardão Evento) e Firmino Marques - Galardões XIX Edição - Edição XIX, 2016