Associação Musical Sinfonietta de Braga

Criada por alunos do Conservatório Calouste Gulbenkian de Braga com o objetivo de promover a sua atividade performativa fora do contexto escolar. Após alguns anos de inatividade, é reestruturada em 2016, integrando nos seus órgãos sociais músicos profissionais e estabelecendo como valores a qualidade, a inovação e a acessibilidade. No primeiro ano de atividade realizou 4 concertos com os quais afirmou uma posição refrescante e inovadora nos principais eventos culturais de Braga. Empreendeu as primeiras Jornadas do Violino, em Braga, e apresentou coproduções no V Festival de Órgão de Braga, XIII Ciclo de Música Sacra de Rates e na B de Dança. A Sinfonietta iniciou, ainda, uma parceria frutuosa com a Musicamera Produções, ao abrigo da qual já apresentou, a nível nacional, os programas Descobrir Noronha e Trio de Damas. É também organizadora do FIO - Festival Informal de Ópera, com a estreia de quatro óperas nacionais num circuito pelo património edificado de Braga. Beneficiária do programa Garantir Cultura, apresentou o projeto Arco da Corda Nova - um conceito renovado de Concerto de Ano Novo em Braga, Ponte da Barca, Riba d?Ave, Samora Correia e Vila Real, para além da primeira gravação discográfica da Sinfonietta. Com a atribuição do Apoio Sustentado à Programação por parte da Direção Geral das Artes, a Sinfonietta abraça o desafio de multiplicar a presença do programa Falando de Música pelo território nacional - tendo já parcerias com os municípios de Esposende e Valpaços - e a realização de festivais em Braga, Barcelos e Porto.

  • Associação Musical Sinfonietta de Braga

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



Representante de Hugo Torres (Galardão Música) e António Vilas Boas - Galardõres XIX Edição - Edição XIX, 2016