Associação Guias de Portugal

Alicerçada nos métodos e ensinamentos de Baden-Powell, a Associação Guias de Portugal, tem como principal objetivo "proporcionar às raparigas e jovens mulheres a oportunidade de desenvolverem plenamente o seu potencial como cidadãs universais responsáveis". Na região de Braga este movimento surgiu, em 1967, fruto da vontade e coragem de Cármem Alvim, que serviu esta associação ao longo de 30 anos, enquanto Comissária Regional. Na atualidade, passados 53 anos de atividade, a região de Braga da Associação Guias de Portugal, congrega 18 companhias, distribuídas por 9 concelhos do distrito, num efetivo de 600 raparigas. O orgulho na farda, o espírito de sacrifício, o dar sem esperar nada em troca, o poder do ensino através do Jogo, a vida em Patrulha, a importância de todos os cargos e da hierarquia, o respeito pelo outro, a postura de serviço das Guias perante a comunidade e ainda a alegria em ser Guia são as principais características desta associação, constituída por jovens mulheres, que realiza todas as suas iniciativas em regime de voluntariado. Um longo percurso marcado por muitas histórias vividas, muitos desafios, conquistas, superação de obstáculos, "Sempre Alerta P'ra Servir" e, acima de tudo, muito orgulho em ser Guia de Portugal.

  • Associação Guias de Portugal

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



- Alfredo Dinis e Lúcio Craveiro da Silva (Galardão Ciências e Educação) - Edição II, 1998