Conservatório de Música Calouste Gulbenkian

O Conservatório de Música de Braga inaugurou-se no dia 7 de Novembro de 1961 pela acção da sua fundadora, a professora D. Adelina Caravana. A Fundação Calouste Gulbenkian além de dotar a escola de todos os instrumentos, lança-se na construção de um novo edifício, que é inaugurado a 31 Março de 1971, reconhecendo à escola o seu importante papel na divulgação da cultura musical. Com uma arquitectura muito peculiar dos anos 60, esta Escola Artística, no seu projecto educativo preconiza, em regime integrado, a formação geral e a componente vocacional no ensino básico e no ensino secundário (do 1º ao 12ºano), com planos curriculares próprios. No secundário há a possibilidade de escolha de quatro áreas na música: canto, composição, formação musical e instrumento. No regime supletivo o aluno do secundário pode frequentar um curso de música paralelamente com outro. O Conservatório tem ainda o curso livre de dança certificado pela Royal Academy of Dance. A identidade desta escola advém não só do seu currículo próprio, mas nos princípios orientadores que se privilegiam no seu Projecto Educativo. Uma escola que promove e valoriza fortemente a qualidade, a organização, a eficácia e o rigor como formas de favorecer o sucesso educativo. Uma escola aberta e interveniente na comunidade através de um vastíssimo programa de concertos, espetáculos e audições que realiza dentro e fora da escola.

Atividade:Musica/ Ensino

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



- Maria da Guia Fonseca (Casulo Alimentar) e Restaurante Cozinha da Sé (Ricardo Pereira) - Galardão Empresa Sector Rest./Past. e Hotelaria - Edição XVI, 2013