Eduardo Pires de Oliveira

Nasceu em Braga em 1950. Investigador e autor de mais de uma centena de livros e artigos sobre história da arte, história, arqueologia, biografia, iconografia e bibliografia, tendo, inclusive, ganho o Prémio José de Figueiredo em 1995, da Academia Nacional de Belas Artes, pelo seu livro ?O Convento do Salvador?. Conhecido pela sua capacidade de investigação, é técnico da Biblioteca Pública de Braga e foi o primeiro doutorado em História da Arte por currículo relevante, em Portugal, ou seja, sem licenciatura prévia. A sua investigação centra-se, essencialmente, no estudo da arte barroca e rócocó minhota e na diáspora dos artistas minhotos do século XVIII, o que tem motivado diversas visitas de estudo ao Brasil e a alguns países da Europa, onde é convidado a participar em congressos ou a proferir conferências. É sócio fundador da ASPA, académico correspondente da Academia Nacional de Belas Artes e sócio da Associação Portuguesa de Historiadores de Arte.

Atividade:historiador de arte, escritor

Galardões "A Nossa Terra"

nas redes sociais

Galardões Multimédia



Convidados - Galardões XVII Edição - Edição XVII, 2014